E se fosse com seu E-commerce? Bel Pesce e lições de gestão de crise

Nos últimos dias, meu Facebook se tornou uma novela mexicana, ou melhor, uma novela brasileira com pé no Vale do Silício. Bel Pesce, a ~menina do Vale~, foi um dos assuntos mais discutidos na minha rede de amigos. Mesmo com tanta polêmica acontecendo ao mesmo tempo, de impeachment à separação da Fátima Bernandes e William Bonner, lá estava a Bel, figurando entre os principais assuntos do meu feed de notícias no Facebook e nas mesas de almoço do trabalho.

Continuar lendo E se fosse com seu E-commerce? Bel Pesce e lições de gestão de crise

Snapchat: 7 maneiras de usá-lo a favor do seu negócio

Tempo de leitura: 4 minutos

Uma coisa muito importante pra quem quer estar sempre atualizado é saber quais são as novidades e como usá-las a seu favor. O Snapchat não é bem uma novidade, pois foi lançado em 2011, mas a novidade é usá-lo como mais um canal para sua marca se comunicar com o consumidor.

Pra quem não conhece, o Snapchat é o aplicativo do momento. Nele, as pessoas tiram fotos ou fazem vídeos de no máximo 10 segundos – chamados de Snaps – e podem os enviar tanto #semfiltro quanto com filtros divertidos. Mas o que difere o Snapchat das outras redes sociais é que tudo é temporário.

Cada Snap pode ser compartilhado com seus amigos, mas não podem ser salvos. Uma vez que é visto, ele desaparece pra sempre. O Snapchat, então, promove interações beeem pessoais e em tempo real.

giphy

O SNAPCHAT EM NÚMEROS

De acordo com dados internos do próprio Snapchat, mais de 60% dos americanos entre 13 e 34 anos que possuem um smartphone usam o aplicativo. É verdade que os adolescentes e jovens amam o Snapchat, mas não é só isso. A ferramenta cresceu e atraiu públicos diferentes. Segundo o TechCrunch , o Snapchat vale 15 bilhões de dólares.

É um veículo com uma proposta bem jovem, mas dá para ser jovem com conteúdo relevante. Então empresas, YouTubers e produtores de conteúdo que, de alguma forma, já tinham um comunicação próxima com seus públicos, aderiram ao Snap como mais uma maneira de conversar. E o négocio ficou interessante, porque a relação entre os produtores de conteúdo e seu público alvo ficaram extremamente humanizadas.

snapchat-young-940x414

Alguns exemplos de perfis pra você se inspirar: Papel Pop (@papelpop), Fashionismo (@fashionismo), Buzzfeed (@buzzfeed), Sephora (@sephorasnaps), Style.com (@styledotcom), Everest No Filter (@everestnofilter), Rihanna (@rihanna), Padre Fábio de Melo (@fabiodemelo3 – ele é uma comédia e mega popular no Snap!) e por aí vai.

Sem mais delongas, vou dar algumas dicas pra você usar o Snapchat pra humanizar sua relação com seu público alvo e ver ótimos resultados, principalmente de engajamento, por conta disso!

Faça coberturas ao vivo de eventos: use a vantagem do “tempo real” e leve seus seguidores para os bastidores de algum evento, mantendo-os atualizados aonde quer que estejam. É legal também você usar o aplicativo pra anunciar um evento e gerar expectativa sobre ele. Nos snaps de blogueiras como Chiara Ferragni, Helena Bordon e Thássia Naves, por exemplo, você tem a experiência de acompanhar Fashion Weeks ao redor do mundo.

IMG_2349

Provoque sua audiência: quando você tiver novidades, mostre algumas dicas como fotos e vídeos para seus seguidores. Isso vai gerar curiosidade e um baita buzz pelas redes sociais, principalmente pelo fato de os snaps serem temporários.

SephoraSnaps

Mantenha seu conteúdo divertido e engajador: o público do Snapchat é mais jovem, mas lembre-se de manter seu conteúdo adequado para todas as idades. Isso não deve significar “ser careta”, mas sim ser profissional com um toque divertido e engajador.

Poste snaps behind the scene: fotos e vídeos dos bastidores são a chave para a humanização de marcas. Mostra pros seguidores que de fato existe “gente como a gente” por trás de grandes empresas e personalidades. Fotografe e filme o dia-a-dia no escritório, novidades, o bom humor da sua equipe, momentos de descontração… O importante é fazer o seguidor sentir que ele pode fazer parte disso tudo.

CUtVZivVEAAZc4O

Compartilhe seus snaps em outras redes sociais: antes de enviar o snap, você pode escolher salvá-lo. Dessa forma, você consegue dar um teaser do conteúdo do seu Snapchat nas outras redes sociais e atrair cada vez mais seguidores. Lembre-se de tornar seu perfil visível em outros lugares: poste fotos com o seu nome de usuário, adicione um ícone de “seguir” em outros veículos ou avise seus fãs diretamente.

Capturar

Ofereça benefícios: todo mundo adora benefícios. Ofereça exclusivamente para os seus seguidores códigos promocionais, cupons de desconto e outros incentivos pedindo para seus fãs interagirem com você: vendo os snaps, tirando printscreens, compartilhando, dando like, etc. A Sephora já fez uma promoção na qual quem postasse uma foto no Snapchat com a #SephoraSnapSweeps poderia ganhar um cartão de presente de US$500!!!

sephora12

Crie métricas de performance: o Snapchat ainda é meio ruim pra quem fica de olho em performance. A única maneira de entender se seus snaps estão fazendo sucesso é vendo o total de views  (quantas pessoas viram pelo menos um snap),  total de pessoas que completaram a sua história (quantas pessoas viram desde o seu primeiro até seu último snap) e número de screenshots (quantas pessoas tiraram prints dos seus snaps).

Espero que com essas dicas você consiga construir uma relação mais humanizada e mais próxima com seu público alvo! O Snapchat é um meio de comunicação que está bombando muito e, como bons profissionais, devemos estar sempre ligados nessas novidades!

 

 

Fontes:

Social Media Week

Administradores

Canaltech

Digaí

3 passos para humanizar seu E-Commerce (e vender mais)

Tempo de leitura: 4 minutos.

Imagine que você está indo tomar aquele cafezinho de todo dia na sua cafeteria preferida. Você entra e a aparência do lugar é a mesma, o cheiro é o mesmo, os produtos são os mesmos. Mas quando você chega no balcão pra pedir “o de sempre”, você percebe que o Seu Ricardo e a Dona Regina foram substituídos por robôs.

Continuar lendo 3 passos para humanizar seu E-Commerce (e vender mais)

A estratégia do Facebook para manter seus usuários engajados

Pra quem acessa a rede com frequência, deve percebido que Facebook tem dado boas vindas, agradecendo e desejando coisas boas aos seus usuários. E a rede com maior DAP (Daily Active Users) do mundo tem uma estratégia para manter engajar usuários: People Marketing.

Continuar lendo A estratégia do Facebook para manter seus usuários engajados

Seu E-commerce precisa ser um Mobile Commerce também!

Mobile Commerce Vamos fazer um exercício: Pense em 3 coisas que você faz no seu dia-a-dia que você não fazia 5 anos atrás. Com certeza acessar a internet pelo celular está entre elas.

Continuar lendo Seu E-commerce precisa ser um Mobile Commerce também!

Lições de marketing que aprendemos na Campus Party!

campus party 5

Semana passada aconteceu a 8ª edição Campus Party Brasil e a Social Miner esteve presente nos dias 04 e 05 no setor de Startup & Makers.

Foi uma ótima experiência e aprendemos algumas lições que vamos dividir com vocês. Mas antes de falar sobre elas, vou explicar como foi nossa ativação no evento para contextualizar.

Continuar lendo Lições de marketing que aprendemos na Campus Party!

Veja 5 erros comuns em Facebook Ads e como evitá-los!

facebook ads

Facebook Ads já é figurinha carimbada nos planejamentos de mídia. Você não pode investir em publicidade sem anunciar no Facebook e os resultados costumam corresponder a essa expectativa.

Continuar lendo Veja 5 erros comuns em Facebook Ads e como evitá-los!

Facebook mudou o algoritmo. E agora, o que fazer?

Facebook Alcance

Recentemente o Facebook anunciou uma reformulação no seu algoritmo de distribuição de conteúdo. Mas afinal, o que sua empresa pode fazer com isso?

Se você esteve off-line nas últimas semanas saiba que o Facebook anunciou uma alteração no algoritmo que irá diminuir o alcance orgânico de posts com um estilo muito promocional, ou seja, posts no estilo “Quer pagar quanto?” vão aparecer menos na timeline das pessoas.

Continuar lendo Facebook mudou o algoritmo. E agora, o que fazer?