Social Miner no Google Campus

Social Miner no Google Campus

Se instalar por 6 meses no Campus do Google em São Paulo é o sonho de qualquer pessoa que tenha ou trabalhe em uma startup e o Programa de Residência é a chance pra tornar isso realidade. Ele tem como objetivo apoiar negócios de alto potencial e levá-los a alcançarem o seu próximo estágio de crescimento.

Os Residentes atuam junto com um time de especialistas do Campus para identificar principais desafios, traçar novos objetivos e acompanhar os resultados. Essa ajudinha é um reforço e tanto pra quem quer conseguir escalar sem perder a sua essência e com sustentabilidade!

E os benefícios não param por aí: acesso a conteúdos exclusivos, bate papo com mentores e acesso fácil a uma rede de investidores, especialistas e parceiros globais do Google também fazem parte do pacote.  

A Turma #1 do projeto, com 15 startups, teve início em agosto de 2016 e concluiu a sua passagem pelo Campus em fevereiro de 2017.

Adivinha quem tá na Turma #2?

Com tanto alinhamento de cultura entre o Google, a Social Miner e o Programa de Residência, a gente não poderia deixar de fazer a nossa tentativa para estar dentro da Turma #2 de startups do Programa de Residência

Erámos uma entre as 575 aplicações recebidas pela equipe do Google Campus. Tivemos que deixar a rotina um pouquinho de lado pra conseguir fazer o melhor que poderíamos durante todo o processo, porque sabíamos que a disputa seria muito acirrada. Foram semanas de análises, entrevistas e discussões até que a lista final de novos Residentes saísse.  

E quando o resultado foi publicado a gente ficou como?

Ao lado de outras startups como Moneto e Lean Survey, a gente tava dentro!

Pra conferir a matéria completa, publicada no Google Blog, clique aqui.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *