Segurança da informação e as novas atualizações da LGPD

Segurança da informação e as novas atualizações da LGPD

Tudo que você precisa sobre segurança da informação e sua relação com a LGPD, confira!

Um levantamento do Centro Regional para o Desenvolvimento de Estudos sobre a Sociedade da Informação (Cetic.br), de 2019, já apontava que o Brasil tem mais de 130 milhões de usuários de internet. 90% deles acessam a rede todos os dias, e alguns passam mais de 8h por dia conectados – seja pelo celular, computador, tablet ou outro dispositivo. 

Pensando nisso, você já parou para imaginar a quantidade de dados gerados por segundo ao redor do mundo, através de um pequeno dispositivo como seu notebook ou smartphone?

Mas como esses dados são analisados, garantindo a segurança da informação de tantos usuários, especialmente em um cenário regido pela Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)?  

É sobre isso que vamos conversar aqui.

O que é segurança da informação?

A segurança da informação existe para preservar os dados de pessoas e empresas, garantindo a confidencialidade e integridade dessas informações. Tudo isso através de tecnologias, processos e pessoas

A segurança da informação garante que os dados gerados sejam mantidos seguros de possíveis ameaças digitais, evitando assim que essas informações sejam acessadas por usuários não autorizados, danificadas, roubadas, violadas e até destruídas

O conceito de segurança da informação trabalha com prevenção, detecção e resposta, agindo de maneira rápida para minimizar os impactos e incidentes de segurança que possam ocorrer.

Qual a importância e para que serve a segurança da informação?

Os dados são os bens mais preciosos que uma empresa, organização ou pessoa têm. Num negócio, por exemplo, é através dessas informações que objetivos são definidos, decisões são tomadas, e erros são minimizados

Com a transformação digital acelerada que estamos vivendo nos últimos tempos, os dados se tornaram os grandes protagonistas da nova era, conhecida inclusive como “era dos dados”. Ou seja, é imprescindível mantê-los seguros. 

Daí a importância da segurança da informação. É através dos pilares de tecnologia, processos e pessoas que todas essas informações são guardadas de acordo com os conceitos básicos que mencionamos anteriormente:

  • Confidencialidade: que visa que as informações sejam acessadas somente pelos seus responsáveis, evitando assim a divulgação para pessoas, entidades ou processos não autorizados;
  • Integridade: que garante que a informação não seja alterada ou excluída sem a devida autorização;
  • Disponibilidade: para garantir que o acesso aos sistemas, dados e serviços seja realizado apenas por usuários ou entidades autorizadas;
  • Autenticidade: tem como intuito preservar a identidade de quem está enviando a informação.

Com isso, dá para se ter uma ideia do porquê  a segurança da informação é fundamental e não dá para pensar em um mundo onde ela não exista, concorda?

Segurança da informação x LGPD: qual a relação?

Lendo o começo desse artigo, você deve ter pensado: mas o que segurança da informação tem a ver com a Lei Geral de Proteção de Dados? 

Bom, a resposta é: muita coisa. E nós explicamos.

A LGPD entrou em vigor em 2020, mas muita gente ainda não entendeu como funciona, quais são as regras, o que muda e o que fazer para estar de acordo com as novas diretrizes. Se você é uma dessas pessoas, separamos um conteúdo super explicativo que pode te ajudar a entender tudo que precisa, é só clicar aqui

Mas se você acredita que sua empresa já está de acordo com as novas diretrizes, não custa nada dar um duplo check, né? Agora, se você já leu tudo sobre LGPD, voltemos à relação da lei com a segurança da informação.

Como se sabe, ela entrou em vigor para garantir a proteção de dados exclusivamente pessoais, focando na maneira como essas informações são coletadas, armazenadas e utilizadas pelas empresas – baseado, inclusive, em um artigo determinado pela constituição do país, que garante a privacidade dos brasileiros.

Então, como deve acontecer a coleta de dados com a LGPD em vigor?

Imagem vetorizada da nova LPGPD
A nova LGPD já está em vigor, por isso, estar em concordância com ela, no quesito da segurança da informação é imprescindível para o seu negócio.

A segurança da informação deve estar totalmente presente na hora da coleta, armazenamento e uso das informações captadas

Lembra dos conceitos básicos da segurança da informação? 

Atualmente, eles devem ser empregados obrigatoriamente em todas as informações coletadas para garantir que a empresa esteja de acordo com as novas diretrizes da Lei.

Por exemplo: as informações só podem ser armazenadas se o usuário consentir; ele detém o poder de pedir a exclusão de suas informações quando quiser; e esses dados não podem ser comercializados ou negociados.

Os pilares de tecnologia, processos e pessoas também são fundamentais para garantir que a empresa esteja de acordo com as atualizações na legislação, o que pode te ajudar a implementar esse processo com segurança:

  • Tecnologia: conheça as tecnologias disponíveis para coletar e tratar os dados;
  • Processos: defina processos detalhados acerca dessas informações. Por exemplo: como elas serão coletadas, onde serão tratadas, quantas pessoas terão acesso, quem ficará responsável por determinada ação, etc. Todos os estágios dos processos precisam estar claros e altamente explicados para todos os envolvidos;
  • Pessoas: defina quem estará envolvido nessa jornada de dados, se terá um time dedicado às informações, quem poderá ter acesso a cada processo, etc. 

Criando esse planejamento prévio você garantirá ainda mais segurança para o seu negócio. Quer saber mais sobre a LGPD? Temos outros conteúdos que podem te ajudar aqui.

Implementar a segurança da informação contribui para estar em conformidade com as atualizações da LGPD que, caso não sejam respeitadas, podem gerar multas, condenações judiciais, proibição total ou parcial do exercício das atividades, além de outras sanções.

Esperamos que o conteúdo tenha sido esclarecedor e que você entenda a importância de estar de acordo com as novas normas da Lei Geral de Proteção de Dados e, principalmente, de como a segurança da informação é fundamental para o seu negócio.

Não esqueça que você pode contar com a gente para te ajudar nessa jornada, com toda a segurança e cuidado que o seu negócio precisa. 🙂

Até a próxima!

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *