Por que você deveria investir em campanhas de carrinho abandonado

Por que você deveria investir em campanhas de Carrinho Abandonado

Enquanto no mundo das lojas físicas é quase impensável que os clientes saiam das filas porque simplesmente desistiram de comprar, no mundo virtual, o número de carrinhos abandonados atinge altas taxas.

Segundo dados de mercado, a média de compras não completadas alcançou mais de 80% em 2015.

Apesar desta taxa ser tão alta, você precisa ter uma coisa muito clara na cabeça: não é porque essas pessoas ainda não finalizaram o seu pedido que perderam o interesse no produto ou serviço que estavam buscando.

Elas são um público muito refinado e alinhado com a sua marca, que chegou até o fundo do funil de vendas e quase comprou.

Ou seja, têm um interesse claro em algo que o seu e-commerce pode oferecer e são muito mais fáceis de serem convertidas do que um lead que acabou de se cadastrar em um social bounce do seu site, concorda?

Para não perder uma oportunidade tão boa assim, você precisa ser o mais assertivo possível, se comunicando de maneira pessoal e coerente para conseguir transformar essa quase venda em um pedido finalizado com sucesso.

Mas antes de pensar em ações que podem ser implementadas, você precisa ter um panorama muito claro do que vem acontecendo no seu e-commerce:

  • Qual é a sua média mensal de carrinhos abandonados?
  • Depois de abandonar o carrinho, quanto tempo o consumidor demora para voltar e comprar o que já havia escolhido?
  • Quantas campanhas focadas nesse público são enviadas por mês?
  • Qual a média do CTR?
  • Quantos pedidos são gerados e finalizados?

Aliado a isso, alguns outros dados podem te ajudar a pensar em melhores estratégias na hora de investir em campanhas de carrinho abandonado.

Segundo a Forrester Research, as principais causas para essa desistência de última hora são:

  • 44% dizem que os custos de frete são muito altos
  • 41% ainda não estavam prontos para comprar os produtos
  • 27% queriam comparar preços
  • 25% concluíram que o preço era maior do que estimaram
  • 24% queriam guardar a compra para outro momento

Conhecendo esse mapeamento, você está com dados muito relevantes em mãos: sabendo quais são os principais motivos para o carrinho abandonado, que tal criar campanhas que atinjam diretamente nessa ferida?

Os custos do frete estão ficando caros? Que tal oferecer mais de uma opção para que o cliente compare as possibilidades de preço? Dependendo da margem de lucro do produto que está no carrinho, é possível oferecer um desconto ou até mesmo um frete grátis?

O lead ainda não está preparado para comprar? Que tal engajá-lo com a sua marcar por meio de conteúdos relevantes até que ele se sinta realmente pronto para colocar a mão no bolso?  

Outro estudo, da Wordplay, também apontou outros fortes motivos, como custos adicionais não esperados, preços melhores em outros locais e a necessidade de pesquisar mais sobre o produto ou serviço antes de comprar. .

Depois de ver esses números, você ainda precisa de bons motivos para investir em campanhas de carrinho abandonado? Separamos alguns:

  • Melhores taxas de conversão: nas campanhas de carrinho abandonado, você está falando com leads muito qualificados. São pessoas que têm um interesse real em algo que o seu e-commerce pode oferecer e você sabe exatamente qual é. Ou seja, sua comunicação só não vai ser extremamente assertiva e segmentada se você não quiser.
  • Alto custo x benefício: para entregar a mensagem certa para os “quase-clientes” você não precisa investir em tráfego e nem em divulgação. Eles simplesmente já estão ali, esperando algum contato vindo da sua marca.
  • Foco no consumidor: para construir um relacionamento longo e duradouro com o público, aumentando até as taxas de recompra, é essencial que o seu cliente sinta que você se preocupa com ele em todos os momentos. Ele pode ser importante só quando compra, entende?

E não se desespere: se os seus números de carrinho abandonado estiverem muito altos, enxergue essa taxa como uma oportunidade para conseguir ter um pico de crescimento, potencializando as vendas focadas nesses leads mais que quentes.

Carrinho abandonado: o que posso fazer na prática?

Agora que você já sabe que está deixando de gerar resultados se não investe em campanhas de carrinho abandonado. separamos algumas ações que você pode começar a implementar no seu e-commerce.

#1 Investir em segurança 

Na hora de comprar pela internet, todo mundo quer encontrar um ambiente seguro e confiável. Com medo de uma fraude, ninguém vai colocar os dados do cartão em um lugar que não se sinta confortável. Para se prevenir, é bom apostar em selos e certificados de segurança.

Além disso, prefira sempre ter um pagamento integrado ao seu e-commerce.

Lojas virtuais que direcionam o usuário para um check-out externo costumam ter altas taxas de abandono de carrinho. Isso acontece porque ao ser levado para um meio de pagamento em outro site para finalizar a compra, o visitante acaba se sentindo desconfiado com esse direcionamento.

#2 Humanizar a comunicação

Quem abandona o carrinho é uma pessoa que tem um nível bom de engajamento com a sua marca. Por isso, o mínimo que ela espera em troca é ser tratada de forma especial.

Fale a mesma linguagem do seu público e mostre porque ele deve realmente comprar na sua loja.

Dê uma olhada nessa campanha via notificações no Facebook, por exemplo. Ela impactou a Mariana, que havia abandonado um carrinho na Nerd Universe.

carrinho2

Viu como a mensagem tem uma linguagem super descontraída e pessoal? É como se um amigo estivesse lhe dando um recado, né?  

Alguns elementos essenciais para criar essa atmosfera e aumentar as chances da Mariana voltar para finalizar o seu pedido são:

  • O texto: a expressão “Taca-lhe pau” é conhecida e usada por um nicho bem específico. Quando a marca insere isso no texto, cria uma identificação imediata com os consumidores, que se reconhecem nessa linguagem;
  • O nome: aliada a uma mensagem personalizada, chamar o usuário pelo nome,  dá uma ideia de pessoalidade, uma sensação de quê “essa marca me conhece e me entende mesmo”;
  • A preocupação: a frase “Deixamos sua escolha separada aqui” mostra um cuidado e um carinho a mais. Não é ninguém da loja virtual  falando sobre um produto que não tenha a ver com o consumidor mas sim, separando algo que ele já escolheu.  
  • O senso de urgência: o “por pouco tempo” desperta um poderoso gatilho mental que tem como objetivo fazer a Mariana retornar ao momento em que deixou a compra, para continuar e finalmente realizar o pedido. Afinal, quem garante que daqui a mais alguns dias, o que que ela escolheu ainda irá estar disponível?

#3 Impactar por canais alternativos

Além de pensar em mensagens mais humanas, saindo do clichê varejo, para otimizar os seus resultados, você também precisa pensar em usar canais alternativos para se comunicar.

Se você está apostando no sucesso da sua estratégia pensando em utilizar somente campanhas de e-mail marketing, pode esquecer!

Além das notificações do Facebook, como mostramos no exemplo acima, outra ótima opção para recuperar quem está abandonando o carrinho são as mensagens push no Chrome.  

carrinho - push chrome

Para serem mais eficazes, campanhas desse tipo podem ser feitas de forma automática, com um algoritmo de inteligência artificial definindo quem deve recebê-las. Além disso, elas podem ter a mensagem totalmente customizada, de acordo com a URL visitada ou com o dispositivo usado para o acesso, por exemplo.

Quer descobrir como multiplicar os seus resultados em campanhas de carrinho abandonado, humanizando o seu e-commerce e impactando por canais alternativos?

Clique aqui e fale com um especialista da Social Miner 😉

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *