Header - People Marketing para Pequenos eCommerces

People Marketing para pequenos eCommerces, funciona?

Conseguir ter sucesso no mundo do varejo online não é fácil, além de otimizar sua operação, gestão e vendas criando uma ótima experiência, você tem que se diferenciar de grandes nomes do varejo.

Saber reconhecer os diferenciais do seu negócio e ter uma persona bem definida já é um ótimo começo para garantir bons resultados e a chance de ganhar escala para aumentar o faturamento.

Porém o foco no engajamento e inovação são essenciais para sair fora da caixa e usar a proximidade com seus clientes a seu favor, explorando novas possibilidades, ao invés de tentar ganhar dos maiores em seu próprio jogo.

Pra começar, que tal falarmos de People Marketing?

A metodologia que une a inteligência artificial com o marketing humanizado é uma excelente opção para pequenos eCommerces.

Emma Watson Celebrating

Isso porque, desde o início, é essencial que você se preocupe em se relacionar e engajar seus clientes.

Nossa metodologia foca em identificar quem se interessa por seu site, inclusive quem não está preparado para comprar na hora, e criar um relacionamento orgânico através de interações humanizadas e inteligentes.

Ou seja: é muito estratégico e inteligente apostar em engajamento, até mais do que em compras imediatas, com ações claras para aproveitar o tráfego do site.

  Baixar Guia Completo de People Marketing ➤

People Marketing para se relacionar

Seja para incentivar a recompra ou para aquecer os leads da base, o engajamento vai ser fundamental para otimizar as taxas de conversão e diminuir a dependência da mídia paga e de campanhas pontuais de geração de tráfego.

Investir em relacionamento é fator crítico de sucesso para pequenos eCommerces e deve ser sempre uma prioridade.

Lembre-se que por estar trabalhando com uma quantidade menor de vendas, é muito importante manter a pessoalidade do negócio fazendo marketing humanizado. Use isso a seu favor e como um diferencial em relação à competição.

Quer saber como é possível? Separamos algumas dicas pra você

People Marketing para transformar visitantes em leads

Mesmo que você não tenha um número gigante de acessos, é muito importante garantir que as pessoas que estão demonstrando interesse pelo seu produto, mas ainda não estão preparadas para a compra, comecem a fazer parte da sua base de leads.

É só assim que você vai conseguir conversar de forma mais personalizada e humana com seus consumidores.

Nessa etapa, o Social Lightbox é uma excelente opção para identificar e conectar pessoas com a marca, criando uma base de cadastros com dados de comportamento e navegação que podem ser usados em campanhas futuras.

Social Lightbox Social Miner

A partir do momento em que o usuário se conecta, você ganha a permissão para falar com ele por meio de notificações do Facebook, um canal que ainda não está saturado e abre um novo mundo de possibilidades de comunicação.

Com a automatização e a inteligência artificial, é possível distribuir as campanhas certas com base no perfil e no comportamento de quem se conectou, aumentando o nível de pessoalidade e proximidade da marca com os consumidores.

Rihanna surpresa com Social Lightbox

Dá pra ter mensagens específicas para quem abandonou o carrinho de um determinado produto ou para quem que se conectou com a marca mas nunca mais visitou o site, por exemplo.

People Marketing e recompra

Tratar a taxa de recompra como uma métrica importante do negócio é o que pode potencializar as suas vendas, fazendo o seu faturamento se multiplicar e garantindo a sustentabilidade financeira.

Que tal crescer vendendo para as mesmas pessoas, focando na fidelização e na otimização de investimento?

De acordo com o Instituto Gartner, para conquistar um novo cliente é preciso investir de 5 a 12 vezes mais do que para manter um atual.

Mas qual será a melhor forma de melhorar os resultados de recompra? O primeiro ponto é ter isso como foco, pensando em ações e estratégias para gerar a tão sonhada recorrência.

Usar os canais certos também é essencial: estima-se que, em média, dos 416 emails que uma pessoa recebe por mês, 223 são email marketing (mais de 50%!!!). Ou seja: para se diferenciar em meio a essa concorrência toda de e-mails, o seu conteúdo precisa ser de outro mundo — sem contar a segmentação que já é mais que obrigação para quem quer ter sucesso.

E por que não usar canais orgânicos e alternativos? Essa é uma oportunidade e tanto para conseguir criar relacionamentos sólidos e de qualidade.

Como já falamos, as notificações no Facebook e via Push têm se mostrado cada vez mais eficientes. Imagina só, aliados à nossa inteligência artificial esses canais conseguem taxas de clique de 30% e uma conversão de 6%!!!!

  Baixar Guia Completo de People Marketing ➤

Então, bora entender o momento de compra do seu público para conseguir vender mais? Clique aqui, teste a Social Miner Engage e comece a fazer People Marketing!

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *