O que você precisa saber para vender mais no Dia das Crianças

O que você precisa saber para vender mais no Dia das Crianças

Está em busca de informações que te ajudem a vender mais no Dia das Crianças deste ano? Pois nós reunimos dados históricos e insights sobre o comportamento do consumidor na data. Eles vão te ajudar a traçar ou otimizar suas estratégias para o evento. Vem!

12 de outubro é uma data em que muitas famílias fazem questão de celebrar os pequenos. Não à toa, o mercado se agita com feiras e programações especiais. E acaba que, não importa se é adulto ou criança, todos caem na farra. 

Agora, sabe quem mais comemora a chegada do evento? O varejo. Inclusive o varejo virtual, que aproveita a crescente procura por presentes. 

Para se ter uma ideia, de acordo com a Ebit|Nielsen, em 2018 o comércio eletrônico brasileiro faturou R$1,82 bilhão nos 14 dias que antecederam a data. Já dados do nosso relatório do Dia das Crianças de 2019, apurados pelo Compre & Confie, apontam para uma receita de R$3 bilhões, alcançada entre os dias 27 de setembro e 12 de outubro.

Ou seja: as expectativas para 2020 estão altas. E isso mesmo diante da crise gerada pelo covid. Afinal, neste ano os e-commerces conseguiram dobrar o faturamento em sazonalidades como no Dia das Mães e Dia dos Namorados, dando uma injeção de otimismo no setor para os eventos que vem a seguir — um alô pro Dia das Crianças, mas também para Black Friday, né? 

Mas o que fazer para vender mais no Dia das Crianças?

O primeiro passo para vender mais no Dia das Crianças — assim como em outras datas comerciais — é entender como os consumidores se comportam no evento.

O que indica o mercado e, especialmente, o que funciona — ou não — para a sua marca? São as respostas para estas perguntas que vão te ajudar a traçar e otimizar suas estratégias. 

Portanto, analise os resultados das campanhas passadas, identifique os pontos fortes para replicar e aquilo que precisa de melhora. E para saber se está no caminho certo, vale ainda comparar suas métricas com os resultados do seu segmento.

É aqui, aliás, que a gente entra. Afinal, contamos com uma série de relatórios e pesquisas, com diversos dados do e-commerce na data, para compartilhar com você.

Quando começa a busca por ofertas?

Dados históricos da nossa base indicam que os consumidores tendem a se preparar para o Dia das Crianças com antecedência, visitando os sites e efetuando suas compras mais ou menos no mesmo período. 

Por exemplo: nosso relatório, que revela a performance dos e-commerces durante o evento de 2018, aponta que o primeiro pico de visitas às lojas virtuais aconteceu a 11 dias da data. Já em 2019, o tráfego atingiu seu máximo a 25 dias do evento. E em ambas as ocasiões, as vendas no Dia das Crianças acompanharam esta tendência. 

Dados históricos apontam para quando os consumidores começam a buscar por ofertas de Dia das Crianças

Nossa dica, então, é investir em atração e identificação de novos leads, além de começar a ativar seus consumidores e clientes já em meados ou final de setembro. Assim, poderá:

  • aproveitar os picos de visitas no site para ampliar sua base;
  • incentivar o engajamento daquelas pessoas preocupadas com prazos de entrega, que buscam adiantar as compras 
  • e garantir conversões por toda sazonalidade.

O que vender no Dia das Crianças e pra quem?

Ainda de acordo com o nosso relatório sobre os resultados do comércio eletrônico no Dia das Crianças de 2019, Beleza, Informática, Moda e Multivarejo então entre as categorias mais procuradas para a data

Contudo, vale destacar que itens de entretenimento, como livros, games e papelaria apresentaram um crescimento de 11,7% no faturamento em relação ao mesmo período do ano anterior. E isso mesmo com a o segmento registrando uma queda no ticket médio dos pedidos. 

Categorias mais populares, com destaque em faturamento no Dia das Crianças

Entre os presenteados, estão filhos, sobrinhos, afilhados e netos. Porém, o estudo de 2018 indica que mais da metade do público do evento aproveita também para buscar ofertas e comprar algo para si na data. 

Aliado a isso, o contexto atual — em que as pessoas estão passando mais tempo em casa devido ao distanciamento social — pode contribuir ainda mais para a procura de produtos que proporcionem lazer, e não só para as crianças. 

Ou seja: é uma boa oportunidade para ampliar seu público, criando mais oportunidades de venda. 

Como investem?

A gente viu que o faturamento dos e-commerces na data cresceu meio bilhão de 2018 para 2019. Agora, você sabia que os homens — talvez por tradicionalmente preferirem categorias de ticket médio mais alto, como Eletrônicos e Informática — foram responsáveis pela maior fatia desse lucro?

Dados históricos apontam para como e quanto os consumidores investem no Dia das Crianças

Como não perder a conversão?

É natural que condições como preço e vantagens promocionais sejam extremamente relevantes para tomada de decisão de compra do consumidor. E quando se tratam de produtos para crianças e bebês, não é diferente:

Dados históricos apontam para o que é relevante para os consumidores na hora de comprar no Dia das Crianças

Porém, a gente sabe que o contexto naquele ano foi outro, pré-pandemia. Não que os benefícios financeiros tenham perdido seu apelo junto ao público. 

Só que, atualmente, mais e mais pessoas vêm aderindo ao comércio eletrônico. E trazem com elas novas demandas, como aquelas voltadas para segurança do site, reputação da marca e, principalmente, para as questões relacionadas ao frete

Um estudo recente, feito em parceria com o Opinion Box e que ouviu mais de 2 mil brasileiros, apontou que 23% daqueles consumidores que preferem comprar apenas em lojas físicas o fazem porque se sentem mais seguros. 

Por outro lado, 63% dos que deixaram de comprar online durante a pandemia afirmaram que o valor cobrado pelo frete não compensava a compra. 

Fica então o alerta para que, além de ofertas relevantes e personalizadas, ações de branding e a definição de boas políticas de entrega façam parte da estratégia de vendas — e não só para esta data.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *