5 Hacks para crescer sua base de leads (sem ser chato)

Você provavelmente já ouviu falar em hacking, certo? Caso não tenha, a gente te explica. Hack é um termo muito usado dentro do marketing digital para definir estratégias low-cost feitas para ganhar escala. Esses hacks geralmente são criados para solucionar problemas pontuais e gerar muitos resultados de forma inteligente, com pouco recursos e em um curto espaço de tempo.

Continuar lendo 5 Hacks para crescer sua base de leads (sem ser chato)

[Pesquisa] As novas tendências do e-commerce e como você pode aproveita-las

Já viu a última que pesquisa sobre e-commerce que saiu? O Sebrae Nacional, o Olist e o E-commerce Brasil uniram forças para descobrir os principais dados do setor. O resultado foi divulgado recentemente na 3ª Pesquisa Nacional do Varejo Online.

Continuar lendo [Pesquisa] As novas tendências do e-commerce e como você pode aproveita-las

Mitos e verdades sobre o Facebook: como funciona o alcance orgânico?

Criei meu perfil pessoal do Facebook em 2009, quando o finado Orkut ainda era a rede social mais popular aqui em terras tupiniquins. A plataforma estava longe de ser o que é hoje. Faltava comunidades, faltava tópicos de disucssão, faltava memes (que ainda não se chamavam memes) e faltava o mais importante: pessoas.

Continuar lendo Mitos e verdades sobre o Facebook: como funciona o alcance orgânico?

Como o Pokémon Go ajudou a Livraria Cultura a vender games

Não faz tanto tempo que os primeiros modelos de smartphone com 3G foram lançados. Contudo, a impressão que dá é que já nascemos todos assim, andando pelas ruas com a cabeça inclinada para baixo, de olho na tela do celular. Ainda assim, mesmo com toda a familiaridade com o universo mobile, nada nos preparou para o surto estratosférico gerado pelo lançamento do Pokémon Go (e, se você habita essa galáxia, mas não sabe do que estamos falando, dá uma lida aqui).

Continuar lendo Como o Pokémon Go ajudou a Livraria Cultura a vender games

Já imaginou como será o E-commerce no futuro? A gente já.

Você se lembra de qual foi o seu primeiro contato com um robô? A maioria de nós, millenials, nascidos entre o começo dos anos 1980 e 1990, provavelmente responderá que foi em um livro de ciências, se divertindo com “Os Jetsons” ou assistindo a um filme de ficção científica. As respostas das novas gerações para essa mesma pergunta, no entanto, já são bastante diferentes. E provavelmente se parecem muito mais com o e-commerce no futuro do que as nossas.

Continuar lendo Já imaginou como será o E-commerce no futuro? A gente já.

[Hangout] Growth Hacks para e-commerces com People Marketing (Parte 1)

Já ouviu falar em Growth Hacks ou Growth Marketing? Não? Não tem problema, a gente te explica. Vem com a gente:

O termo “Hacker” ficou conhecido lá no começo da internet, quando fazia referência a pessoas que invadiam redes para conseguir acessar dados de forma não autorizada. A palavra evoluiu e, hoje, as empresas mais antenadas usam o termo “hack” para definir estratégias que solucionaram problemas de forma inteligente, rápida ou com pouco recurso. Sabe aqueles pequenos insights que geram muitos resultados? Então, é disso que estamos falando.

Continuar lendo [Hangout] Growth Hacks para e-commerces com People Marketing (Parte 1)

A importância do VTEX Day para o e-commerce

Amanhã (12/05) vai rolar a 4ª edição do VTEX Day, um super evento voltado principalmente pra profissionais do e-commerce e empreendendores, organizado pela empresa líder no ramo de plataforma de e-commerces, a VTEX.

Continuar lendo A importância do VTEX Day para o e-commerce

Snapchat: 7 maneiras de usá-lo a favor do seu negócio

Tempo de leitura: 4 minutos

Uma coisa muito importante pra quem quer estar sempre atualizado é saber quais são as novidades e como usá-las a seu favor. O Snapchat não é bem uma novidade, pois foi lançado em 2011, mas a novidade é usá-lo como mais um canal para sua marca se comunicar com o consumidor.

Pra quem não conhece, o Snapchat é o aplicativo do momento. Nele, as pessoas tiram fotos ou fazem vídeos de no máximo 10 segundos – chamados de Snaps – e podem os enviar tanto #semfiltro quanto com filtros divertidos. Mas o que difere o Snapchat das outras redes sociais é que tudo é temporário.

Cada Snap pode ser compartilhado com seus amigos, mas não podem ser salvos. Uma vez que é visto, ele desaparece pra sempre. O Snapchat, então, promove interações beeem pessoais e em tempo real.

giphy

O SNAPCHAT EM NÚMEROS

De acordo com dados internos do próprio Snapchat, mais de 60% dos americanos entre 13 e 34 anos que possuem um smartphone usam o aplicativo. É verdade que os adolescentes e jovens amam o Snapchat, mas não é só isso. A ferramenta cresceu e atraiu públicos diferentes. Segundo o TechCrunch , o Snapchat vale 15 bilhões de dólares.

É um veículo com uma proposta bem jovem, mas dá para ser jovem com conteúdo relevante. Então empresas, YouTubers e produtores de conteúdo que, de alguma forma, já tinham um comunicação próxima com seus públicos, aderiram ao Snap como mais uma maneira de conversar. E o négocio ficou interessante, porque a relação entre os produtores de conteúdo e seu público alvo ficaram extremamente humanizadas.

snapchat-young-940x414

Alguns exemplos de perfis pra você se inspirar: Papel Pop (@papelpop), Fashionismo (@fashionismo), Buzzfeed (@buzzfeed), Sephora (@sephorasnaps), Style.com (@styledotcom), Everest No Filter (@everestnofilter), Rihanna (@rihanna), Padre Fábio de Melo (@fabiodemelo3 – ele é uma comédia e mega popular no Snap!) e por aí vai.

Sem mais delongas, vou dar algumas dicas pra você usar o Snapchat pra humanizar sua relação com seu público alvo e ver ótimos resultados, principalmente de engajamento, por conta disso!

Faça coberturas ao vivo de eventos: use a vantagem do “tempo real” e leve seus seguidores para os bastidores de algum evento, mantendo-os atualizados aonde quer que estejam. É legal também você usar o aplicativo pra anunciar um evento e gerar expectativa sobre ele. Nos snaps de blogueiras como Chiara Ferragni, Helena Bordon e Thássia Naves, por exemplo, você tem a experiência de acompanhar Fashion Weeks ao redor do mundo.

IMG_2349

Provoque sua audiência: quando você tiver novidades, mostre algumas dicas como fotos e vídeos para seus seguidores. Isso vai gerar curiosidade e um baita buzz pelas redes sociais, principalmente pelo fato de os snaps serem temporários.

SephoraSnaps

Mantenha seu conteúdo divertido e engajador: o público do Snapchat é mais jovem, mas lembre-se de manter seu conteúdo adequado para todas as idades. Isso não deve significar “ser careta”, mas sim ser profissional com um toque divertido e engajador.

Poste snaps behind the scene: fotos e vídeos dos bastidores são a chave para a humanização de marcas. Mostra pros seguidores que de fato existe “gente como a gente” por trás de grandes empresas e personalidades. Fotografe e filme o dia-a-dia no escritório, novidades, o bom humor da sua equipe, momentos de descontração… O importante é fazer o seguidor sentir que ele pode fazer parte disso tudo.

CUtVZivVEAAZc4O

Compartilhe seus snaps em outras redes sociais: antes de enviar o snap, você pode escolher salvá-lo. Dessa forma, você consegue dar um teaser do conteúdo do seu Snapchat nas outras redes sociais e atrair cada vez mais seguidores. Lembre-se de tornar seu perfil visível em outros lugares: poste fotos com o seu nome de usuário, adicione um ícone de “seguir” em outros veículos ou avise seus fãs diretamente.

Capturar

Ofereça benefícios: todo mundo adora benefícios. Ofereça exclusivamente para os seus seguidores códigos promocionais, cupons de desconto e outros incentivos pedindo para seus fãs interagirem com você: vendo os snaps, tirando printscreens, compartilhando, dando like, etc. A Sephora já fez uma promoção na qual quem postasse uma foto no Snapchat com a #SephoraSnapSweeps poderia ganhar um cartão de presente de US$500!!!

sephora12

Crie métricas de performance: o Snapchat ainda é meio ruim pra quem fica de olho em performance. A única maneira de entender se seus snaps estão fazendo sucesso é vendo o total de views  (quantas pessoas viram pelo menos um snap),  total de pessoas que completaram a sua história (quantas pessoas viram desde o seu primeiro até seu último snap) e número de screenshots (quantas pessoas tiraram prints dos seus snaps).

Espero que com essas dicas você consiga construir uma relação mais humanizada e mais próxima com seu público alvo! O Snapchat é um meio de comunicação que está bombando muito e, como bons profissionais, devemos estar sempre ligados nessas novidades!

 

 

Fontes:

Social Media Week

Administradores

Canaltech

Digaí

3 passos para humanizar seu E-Commerce (e vender mais)

Tempo de leitura: 4 minutos.

Imagine que você está indo tomar aquele cafezinho de todo dia na sua cafeteria preferida. Você entra e a aparência do lugar é a mesma, o cheiro é o mesmo, os produtos são os mesmos. Mas quando você chega no balcão pra pedir “o de sempre”, você percebe que o Seu Ricardo e a Dona Regina foram substituídos por robôs.

Continuar lendo 3 passos para humanizar seu E-Commerce (e vender mais)

Backstage SXSW (parte III): entrevista com Eduardo Galanternik

“Backstage SXSW (parte III): entrevista com Eduardo Galanternik” é o terceiro e último vídeo sobre o megaevento! Como mencionamos no post da semana retrasada, a Social Miner estava marcando presença no SXSW (South by Southwest) 2016 em Austin, Texas. Veja aqui o primeiro vídeo e o segundo vídeo!

Continuar lendo Backstage SXSW (parte III): entrevista com Eduardo Galanternik