No Dia Internacional do Orgulho LGBT vamos acolher as diferenças

Quem nunca se sentiu “de fora”?

No Dia Internacional do Orgulho LGBT vamos acolher as diferenças. Quem planta diversidade, colhe um futuro melhor – rico de ideias, tolerância, respeito e, sim, muito amor.

Recentemente eu li um livro da Ruth Manus e, entre tantos textos bacanas, teve um que mexeu bastante comigo. A crônica falava sobre homossexualidade e o que ficou pra mim daquelas linhas é que a gente sempre pode escolher a aceitação, mas o que o mundo precisa mesmo é acolher as diferenças.

A diferença básica entre aceitar e acolher é que na primeira existe mais indiferença, enquanto a segunda, o acolhimento, exige participação. Acolher significa ouvir, tentar entender, praticar a empatia, se colocar no lugar do outro. E isso todo mundo não só pode como deve fazer, especialmente quando a gente fala de amor, independente de gênero.

E o que isso tem a ver com trabalho?

Talvez seja a diversidade o que mais me atraiu na Social Miner e hoje tenho certeza que é isso que contribui para a qualidade do meu trabalho. E sabe, eu não estou sozinha nessa.

O Gabriel, um dos membros da nossa equipe comercial, me disse que aqui ele sente que não precisa esconder sua orientação sexual para se destacar ou ser aceito. E mais, ele também acredita que “uma empresa que respeita e promove a diversidade em seu time consegue desenvolver maior inteligência emocional em seus colaboradores, o que aumenta a sua performance”.

Eu concordo com ele e também entendo que, para o resultado dessa equação “profissional + pessoal” ser positivo, o segredo está em exercitar o diálogo e trazer o tema para o nosso dia a dia. Nas palavras da Luana, que é do time de Customer Care, na Social Miner “as pessoas têm espaço pra serem quem são. Quebrar paradigmas nunca é simples, nem fácil. Demanda participação ativa. E eu vejo que as ações para isso têm ocorrido com embasamento”.

A Tati, líder do time de Customer Care, concorda: “a Social Miner está construindo uma cultura sólida, de respeito e empatia. Ainda tem muito pra se fazer, errar e aprender. Sempre tem. E essa é uma das melhores partes, pois estamos construindo tudo juntos”.

Pois é… aqui a gente leva isso muito a sério. O Matheus mesmo fala que a diversidade é um dos pilares que a gente mais preza na empresa. Ele, que é líder de vendas de uma das nossas operações, destaca que “o mais importante não é só a empresa aceitar a diversidade no ambiente de trabalho, mas também promover e garantir um ambiente saudável. Me motiva muito trabalhar em um lugar que valoriza meu trabalho e quem eu sou, sem precisar me esconder”.

Não importa a roupa que você usa, o carro que você tem, com quem você sai

Um dos nossos vídeos que mais faz sucesso nas redes sociais é aquele que mostra um pouquinho do nosso trabalho e a rotina aqui na casa. Se você segue a gente no Facebook, Instagram, LinkedIn e companhia, com certeza já viu.

Nele você vai ver que cada Miner – apelido que a gente dá para os membros da nossa equipe – tem um jeito muito particular de ser. Todo mundo tem um hobbie favorito, um estilo que é só seu. E isso só agrega no dia a dia, todo mundo funciona junto para fazer esse negócio crescer.

Nas palavras do Roger, aka nosso cofundador: “Não importa como você se veste, importa o que você entrega”. E isso é essencial para que cada pessoa se sinta livre para ser quem é aqui dentro e esteja 100% bem para dar seu melhor.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *