midia paga para ecommerce

Como geração de leads pode diminuir a dependência de mídia paga do seu e-commerce

Não adianta: entra ano e sai ano, e o investimento em mídia paga continua mordendo uma boa parte do budget das campanhas do seu e-commerce.

E você parece não ter muita escolha, afinal, se não for assim, simplesmente não vai dar certo, porque as pessoas precisam conhecer as ofertas e os produtos para comprar. Sem a mídia paga, isso fica inviável.

Mas se o seu  negócio é completamente dependente dessa forma de atração, algo está errado.

Descobrir outras formas de gerar tráfego e posicionar a marca é essencial para a sustentabilidade e o aumento do faturamento em médio e longo prazo.

É aí que entra a importância de entender como a geração de leads pode ser estratégica para diminuir a dependência da mídia paga no e-commerce.

 

Dados vencem opiniões

Para ter certeza absoluta do que vamos te falar durante todo esse artigo, resolvemos fazer uma análise de comportamento usando as bases de nossos clientes como amostra durante 3 meses inteiros.

A gente queria responder a seguinte pergunta: “será que as pessoas que fazem parte da base de leads de uma marca compram mais do que aquelas que ainda não se conectaram?”

O resultado mostrou que as pessoas conectadas compram 4,4x mais.

É claro que, no volume, dificilmente elas irão representar a maior parte do faturamento, porque quem se conecta é a menor parte dos consumidores. Mas proporcionalmente, elas compram muito mais!

Esse é um dado rico, que dá um direcionamento estratégico muito importante: se conseguir aumentar o número de conexões, você terá em suas mãos clientes que compram mais, por uma série de fatores:

  • As pessoas conectadas receberam incentivos (muitas vezes financeiros) para realizar a compra: cupons de desconto, frete grátis e etc;
  • São usuários que têm maior afinidade com a marca (potenciais brand lovers) e por isso estão dispostos a deixar o lead;
  • Já estavam mais preparados para a compra e, por isso, se conectaram;
  • As campanhas de marketing, agora com mais controle, pontos de contato e dados dos usuários, os mantém engajados com maior propensão a compra. Você consegue segmentar melhor e ainda ganha novos canais de comunicação para não fica dependente só de retargeting, por exemplo.

 

Gerando leads para ser mais independente da mídia paga em e-commerce

É claro que a área de Mídia sempre vai existir, porque trazer tráfego ao site é uma parte core do negócio. Porém, a partir do momento em que você tem ações contínuas para captar leads durante meses e anos, vai conquistar uma base muito grande que vai trabalhar a seu favor.

Para alcançar essa massa crítica, o seu planejamento de médio e longo prazo precisa mostrar que as pessoas cadastradas vão começar a rentabilizar mais  do que quem não está na base.

Assim, todo o esforço de vendas não vai ficar só em mídia e nas ações que estimulem as compras por impulso.

Desde o início, tenha em mente que adquirir uma boa base de leads é uma ciência que não tem segredo: quanto mais tempo dedicado, melhor é a taxa de cadastro.

Será preciso gastar horas em testes A/B, em brainstormings para chegar na melhor mensagem, em pesquisa para enxergar oportunidades sazonais, em estudos do público alvo e etc.

“Hmmm, mas será que investir tanto nisso vale à pena?”

Para responder essa pergunta, separamos dois ótimos motivos para apostar na geração de leads:

Maior assertividade

Quando os consumidores se conectam com a sua marca, você passa a ter acesso a uma série de informações estratégicas que podem guiar a sua segmentação e a sua comunicação, para que ela seja o mais humana e personalizada possível.

Pela plataforma da Social Miner também é possível criar campanhas automatizadas com o uso da Inteligência Artificial. Elas são disparadas de forma ultra segmentada e têm como resultado CTRs muito acima da média.

Dà uma olhada nesse Case da Imaginarium, por exemplo.   

Canais com performance acima da média

O Social Bounce abre um novo canal de comunicação entre marca e lead, porque a partir do momento em que a conexão é feita, é possível que notificações sejam enviadas diretamente no Facebook de quem se conectou.

Screenshot_3

A mesma coisa acontece quando um visitante se conecta por meio do Google Chrome, liberando o envio de mensagens push em desktop e mobile.

Como esses canais ainda não são tão explorados – como é o e-mail marketing, por exemplo -, sua marca pode acabar ganhando uma relevância maior se levar isso em conta.     

A união desses dois tópicos faz com que as suas campanhas tenham um melhor custo x benefício.  

Qual o tamanho da oportunidade dentro da minha base?

Agora que você já descobriu como pode aumentar a sua base de leads e se tornar mais independente da mídia paga, é hora de enxergar o tamanho do potencial que esse ativo pode representar para o seu negócio.

Esse gráfico abaixo mostra o total de pessoas que se conectaram com determinada marca:

Screenshot_4

Em azul, está a porcentagem das pessoas que saiam do site quando foram impactadas por um lightbox de conexão. Ao ganharem um cupom (ou outro incentivo), retornaram e fizeram a compra imediatamente, no mesmo dia.

Em vermelho, está o universo de consumidores que compraram em outros dias, após a conexão. E muitas vezes, os dias se transformaram em semanas e mais semanas de engajamento.

Já até identificamos pessoas que se cadastraram na Black Friday 2015 para só comprar perto da Black Friday  2016, ou seja, quase um ano depois.

Neste outro gráfico, acrescentamos mais uma variável: a de leads que já fazem parte da base, que já se conectaram com a marca, mas nunca compraram. Saca só o tamanho dessa barra cinza!

Screenshot_5

Tem noção de quanto do seu faturamento pode estar concentrado ali?

É uma oportunidade enorme!

Mais de 90% estão na parte cinza na maioria dos meses… E lembre-se que, na média, esses consumidores já são 4,4x mais propensos a comprar do que quem não se conecta.

Imagina se a gente direcionasse os esforços para conseguir rentabilizar esses leads? É um grande desafio, que pode trazer muitos resultados.

Fazer com que esse consumidor que já se conectou com a marca, que já mostrou interesse em ser impactado por mensagens assertivas, se engaje até converter, é essencial para aumentar o seu faturamento de maneira sustentável.

Agora que você já viu que a geração de leads por diminuir a dependência de mídia paga do seu e-commerce, qual é o seu planejamento?

Se precisar de uma ajudinha, clique aqui e converse com nossos especialistas.

Comments

comments

Um comentário sobre “Como geração de leads pode diminuir a dependência de mídia paga do seu e-commerce”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *