Mulher negra observado as vantagens do data driven marketing: em um tablet.

Data driven marketing: a estratégia para a sua empresa

Se você ainda não guia as decisões da sua empresa através de dados, é hora de você conhecer o data driven marketing!

Com a aceleração da transformação digital, o grande número de usuários de internet, o crescimentos dos e-commerces e as mudanças constantes no comportamento do consumidor, é impossível guiar as estratégias do seu negócio por achismos e informações ultrapassadas.

O Data driven marketing existe para direcionar melhor o seu trabalho e qual caminho seguir. Ele vai mudar o rumo das suas ações e tornar tudo muito mais consistente e direcionado!

Quer saber melhor como funciona a abordagem? Continue com a gente!

O que é estratégia de Data driven marketing?

Homem mexendo no computador e com anotações, representando um Planejamento Data Driven Marketing.
O data driven marketing vem como um novo modelo de planejamento e acompanhamento para a sua empresa.

Data driven significa direcionado por dados, ou seja, informações coletadas com prazo de vencimento. Aqui, tudo que acontece é guiado por informações sólidas e valiosas para o seu negócio, mas que talvez você ainda não saiba.

Antes de aprofundarmos, é preciso entender que o conceito de data driven marketing vai além de adotar algumas ferramentas ou estratégias. É preciso que a mudança seja cultural e profunda, deixando de lado um método antigo de análises.

Você está pronto para revolucionar as suas estratégias e torná-las mais consistentes e efetivas? A partir de agora, você entrará em um mundo com informações que te ajudarão a otimizar os resultados do seu negócio online, vamos lá?

O que é digital data marketing?

Quando falamos em data driven marketing, conforme a tradução, estamos falando de marketing guiado por dados, ou seja, todas as ações, campanhas e comunicações são pensadas de acordo com os dados que a sua empresa coletou dos usuários.

Segundo a Certain, empresas que implementaram data driven marketing tiveram, em média, um aumento de 10 a 20% no ROI (em tradução, retorno sobre investimento). A mudança é grande e envolve todo o time, mas as vantagens fazem com que o processo valha a pena. 

Para o marketing digital e os e-commerces, por exemplo, a cultura do data driven marketing é fundamental para garantir campanhas mais efetivas, mensagens mais assertivas e mais conversões. 

Isso porque todas essas ações são pensadas e construídas em cima das informações dos próprios usuários, criando uma experiência personalizada para o seu serviço!

Imagem de gráficos crescentes para representar crescimento nos negócios com data driven marketing.
Dentre muitas vantagens, trazer seu negócio para o data driven marketing pode alavancar e muito o número de conversões.

Vantagens do data driven marketing

Já que falamos um pouco sobre o que é o Data Driven Marketing, você deve estar se perguntando quais os benefícios que ele vai trazer para o seu negócio. Para explicar isso, separamos algumas das vantagens que o método apresenta:

  • Conversão de novos leads: Ao entender o perfil do consumidor, é possível converter os novos leads com mais facilidade, já que com o data driven marketing você consegue ir diretamente nas suas necessidades;
  • Relacionamento com o Cliente: Quando se conhece o cliente a partir do data driven, é possível ter uma comunicação mais assertiva sem oferecer produtos e conteúdos que não interessam ao público-alvo, e assim melhorar a imagem da empresa; 
  • Retenção e fidelização de clientes: você tem os dados do usuário, sabe o que ele quer, o que ele procura e quais são seus interesses e hábitos de consumo. Além das comunicações mais efetivas, as ações de fidelização também serão mais direcionadas, garantindo a satisfação do cliente.
  • Conhecer quem é o cliente e a sua jornada na marca: Além de entender a necessidade do cliente, também é essencial observar seu comportamento e sua jornada até a compra. Com o data driven você compreende isso e garante tudo ocorrer como planejado ou se é preciso de ajustes;
  • Segmentação de clientes: esse também é um dos grandes benefícios do data driven marketing: possibilitar segmentações funcionais e extremamente assertivas. Você envia as comunicações certas, para as pessoas certas e no momento mais oportuno possível! 

Quer entender melhor como a gente pode te ajudar a obter esses benefícios com data driven marketing, humanização e People Marketing? Assista nosso vídeo!

 

Como usar o data driven marketing

Pessoa com símbolos de interrogação para indicar dúvidas na gestão do data driven marketing.
Por ser um processo de mudança, entrar no data driven marketing pode gerar diversas dúvidas. Por isso, aqui te explicamos até como usar esses dados!

Como você viu, o data driven marketing proporciona diversas vantagens para o seu negócio, principalmente se estamos falando de uma empresa focada no consumidor ou que pretende colocar o usuário no centro da estratégia.

Para garantir que as lideranças estejam engajadas e que todo o time está na mesma página na hora de colocar o data driven em prática, acompanhe nossos 5 passos de implementação e tenha sucesso no processo:

1 – Defina os objetivos e as métricas que serão avaliadas;

2 – Como e quando ocorrerá a extração, análise e apresentação dessas métricas;

3 – Depois disso, crie um ciclo de análise e tomada de decisões;

4 – Constantemente acompanhe e vá ajustando o que for necessário, até ficar satisfatório;

5 – E então, recomece o ciclo.

Esses passos ajudarão na implementação do data driven marketing e na construção da mentalidade das ações guiadas por dados, e assim que a equipe começar a sentir a diferença de trabalhar com dados, esse processo ficará mais fácil e natural.

Lembre-se: Esse será um ciclo constante por algum tempo, já que a mudança é gradativa e pode ser complexa a depender de cada empresa.

Organização do data driven marketing

Uma das famas do data driven é atuar em cima de dados que sua empresa  já possui, não sendo necessário começar do zero, desde que você saiba quais são essas informações e para que pretende usá-las. 

Ao organizar essas informações, para conseguir visualizá-las de forma mais fácil para gerar insights, o ideal é criar dashboards que tornem essa observação mais intuitiva. Nesse caso, existem três tipos de dashs:

  • Operacional: focado em processos mais específicos, normalmente usado para atualizações rápidas. Também pode ajudar na correção de pequenos problemas, como ajuste de rotas nas equipes. 
  • Tático: a ideia desse dashboard é analisar um volume alto de dados e contribuir na compreensão de tendências e previsão de resultados. Aqui, a atualização não é tão constante como no operacional, por exemplo. 
  • Estratégico: como o nome já diz, o foco desse dash é acompanhar os resultados e definir novas metas, de acordo com os dados. 

Quer saber como a Social Miner pode ajudar a sua empresa hoje? Assista o vídeo!

E aí, você está preparado para mudar a cultura da empresa e tornar as suas ações mais assertivas? Então o data driven marketing é para você e a Social Miner também! 

Clique no banner e entre em contato com nossos especialistas. Nós te ajudamos a entrar no mundo do marketing digital de forma eficiente.

Social Miner 02

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *