Cuidados que você precisa ter ao inserir um script na sua página - Social Miner

Cuidados que você precisa ter ao inserir um script na sua página

Por trás da maioria dos e-commerces, existe uma série de soluções criadas especialmente para potencializar resultados.

Do software de pagamento até o chat de atendimento ao cliente, cada uma dessas ferramentas tem um objetivo e uma área de atuação diferentes.  Em uma matéria já publicada no blog da Social Miner, analisamos alguns dos maiores varejos do Brasil e descobrimos que, no total, cada loja virtual de grande porte usa aproximadamente 31,4 ferramentas, sendo 12 o número mínimo encontrado e 46 o número máximo.

Entre tantos fornecedores e empresas parceiras, os e-commerces precisam estar muito atentos aos cuidados que a instalação de uma nova ferramenta, ou novo script, exige. Afinal, não dá para associar sua marca e compartilhar os dados dos seus usuários com um parceiro, sem ter total confiança no serviço que está sendo contratado.

O que acontece no dia a dia?

Muitas vezes, a demanda para instalação de uma nova funcionalidade no site vem das áreas de marketing ou do comercial, a fim de alavancar as vendas. Assim, um dos departamentos da empresa descobre um fornecedor que presta este serviço, para ajudar na comunicação com o consumidor final – muitas vezes por meio de uma mídia digital -, e a contrata.

Para que o serviço seja executado, o e-commerce deverá instalar um script em suas páginas e é aqui que a equipe de TI entra em cena. Cada um cuida da sua parte e pronto: o script começa a rodar no site!

Parece simples, certo? Mas não acompanhar com cuidado todo esse processo pode impactar negativamente o seu negócio. Scripts de parceiros podem, por exemplo, interferir na velocidade do processamento de dados na sua página ou, pior, executar mudanças no seu site sem o seu consentimento. Em outros casos, scripts ou tags de parceiros que competem entre si no mercado podem interferir no funcionamento da sua plataforma de vendas.

Pensando nisso, preparamos um checklist básico com o que sua empresa deve levar em consideração na hora de contratar um novo parceiro para otimização de resultados.

Não deixe de checar

Antes de contratar um novo serviço, existem algumas perguntas que o próprio departamento de marketing pode fazer para os potenciais parceiros. Em geral, as respostas desse questionário simples demonstram o quão confiável ele é e – o mais importante – evitam muitos incômodos no futuro.  

Pergunte para o seu potencial parceiro:

  • Seu script é HTTPS?

O HTTPS significa Hyper Text Transfer Protocol Secure ou, em tradução livre,  Protocolo de Transferência de Hipertexto Seguro. Ele oferece, basicamente, um indicador de que aquela página para qual você é direcionado é segura, ou seja, protege a confidencialidade de dados dos seus usuários.

  • O carregamento do script pode ser assíncrono?

Primeiro vamos entender o que é um script – ou tag – síncrono ou assíncrono.

Para isso, vamos pensar em como o seu site processa os dados. O conteúdo do seu site carrega de forma linear, isto é, ele ‘lê’ os códigos e abre aos poucos as informações de texto,  imagens, hiperlinks, etc.

E o que uma tag síncrona faz? Ela entra nessa fila de processamento de dados, atrasando o carregamento da sua página. Já um script assíncrono não ‘compete’ com o carregamento de dados do seu site. Ele acontece em paralelo, não interferindo na velocidade que sua página é carregada.

Por isso, o ideal é apostar em tags que, assim como as soluções da Social Miner, por exemplo, sejam assíncronas. Isto é, carregadas em paralelo e não interfiram no processamento do seu site.

  • Qual tipo de informação o script está armazenando e como essa informação vai ser usada?

É muito importante conhecer bem a empresa com qual você deseja se associar. Quais dados ela pretende coletar do seu site? E com que finalidade? Proteja a confidencialidade da sua marca e, especialmente, dos seus clientes.

  • A tag pode atrapalhar o desempenho de outros parceiros?

Quando um novo script é instalado, ele tem acesso a diversas informações sobre seus clientes e, inclusive, sobre os seus outros parceiros. Fique atento para que a competitividade entre contratados concorrentes não interfira no bom funcionamento do seu site.

  • A tag precisa estar em todas as páginas?

O ideal é que ela seja instalada de forma assertiva, alcançando aquela parcela do seu público à que ela pretende auxiliar no processo de compra, por exemplo. Por isso, instale o script só em páginas em que ele realmente vai ser útil e evite as páginas em que seus clientes compartilham informações pessoais, como dados pessoais e de cartão de crédito.

Seguindo este guia, sua empresa tem mais chances de criar parcerias saudáveis e otimizar seus resultados de forma segura e consciente.

Ainda tem dúvidas sobre o tema?

 Confira 7 dicas para selecionar novos scripts para o seu site

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *