Social Miner faz 5 anos e tem muita história para contar <3

O uso de dados não é mais o futuro do marketing. Ele é o presente. São os dados que permitem que marcas se comuniquem com seu público de forma cada vez mais personalizada em ambientes virtuais, garantindo uma experiência de consumo mais completa e um consequente aumento na performance.

Continuar lendo Social Miner faz 5 anos e tem muita história para contar <3

Tudo que sua empresa precisa saber sobre a LGPD

No dia 28 de janeiro comemoramos o Dia Internacional da Privacidade de Dados. E, apesar de ter sido criada lá em 2006, pelo Conselho da Europa, a fim de conscientizar o público sobre a importância da proteção das informações pessoais, o assunto nunca esteve tão em alta.

Continuar lendo Tudo que sua empresa precisa saber sobre a LGPD

Manipulação e controle de dados na internet é tema no ENEM

O assunto é quente: a “manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”. Em tempos de fake news e em que os fatos travam uma batalha constante com a desinformação nas redes, a escolha para o tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2018 não podia ter sido mais pertinente.

Continuar lendo Manipulação e controle de dados na internet é tema no ENEM

Relatório de Dia dos Pais da Social Miner é referência no Estadão

Apenas 48 horas depois do Dia dos Pais de 2018 a gente lançou, em parceria com o pessoal da Neoatlas, NeoAssist, Loja Integrada, ANYMARKET e Vindi, um super relatório com os principais benchmarks de mercado e vários insights sobre o comportamento do consumidor durante a data.

Em conjunto, analisamos os dados de navegação dos usuários cadastrados na nossa base. Para se ter uma ideia, são mais de 25 milhões de pessoas só na Social Miner. E é muito bom poder dizer que esse trabalho rendeu boas referências, sendo citado na coluna do Broadcast, do Estadão.

Continuar lendo Relatório de Dia dos Pais da Social Miner é referência no Estadão

Falamos sobre a LGPD e os impactos da nova lei para as empresas

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) foi sancionada este mês no Brasil, mas o assunto já era recorrente na mídia há um tempo. Primeiro – e infelizmente com frequência – por conta dos diversos escândalos envolvendo o vazamento de informações pessoais de usuários de serviços da rede. O mais recente e, talvez, mais famoso é o que envolveu o Facebook e a inglesa Cambridge Analytica. Dados de mais de 87 milhões de usuários da rede social foram coletados e identificados pela empresa de consultoria política.

Isso é muito sério. Tão sério que esquentou as discussões no mercado sobre privacidade. E, no meio desse burburinho, a União Europeia aprovou a General Data Protection Regulation (GDPR ou Regulamento Geral de Proteção de Dados, em tradução livre). Foi essa norma, aliás, que inspirou a nossa LGPD.

E se você está se perguntando “o que isso tem a ver com a minha empresa?”, bem: a resposta é bem simples: tudo!

Continuar lendo Falamos sobre a LGPD e os impactos da nova lei para as empresas

A nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)

O presidente Michel Temer acaba de sancionar a Lei Geral de Proteção de Dados brasileira (LGPD). Inspirada na europeia General Data Protection Regulation (GDPR), a nova lei vem para regulamentar as atividades de todas organizações, públicas ou privadas, que tratam de informações pessoais de usuários dos seus serviços.

O principal veto em relação a nova lei foi quanto a criação de uma autoridade e agência responsáveis por fiscalizar e julgar relações que envolvam a privacidade de dados. As chamadas Autoridade Nacional de Proteção de Dados e Conselho Nacional de Proteção de Dados, no entanto, devem ser criadas em paralelo, através de uma lei de iniciativa do Poder Executivo, que ainda será realizada.

Quer entender tudo sobre a LGPD e saber o que fazer para não ser penalizado pela nova lei? Preparamos um e-book explicando os principais pontos da norma.

Quero entender mais sobre a lei

Continuar lendo A nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)

Responda o quiz e descubra se seu negócio está de acordo com a nova lei de proteção de dados (LGPD)

Com certeza você ouviu falar sobre a nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Ela prevê uma série de normas para organizações que recolhem e tratam dados pessoais. E mais: afeta diretamente a operação de sites e e-commerces, já sendo muito discutida – seja na mídia ou no mercado. Sua empresa já está pronta para essas mudanças?

Continuar lendo Responda o quiz e descubra se seu negócio está de acordo com a nova lei de proteção de dados (LGPD)

O que esperar da GDPR Brasileira

Depois da União Europeia (UE), agora é a vez do Brasil instituir uma nova lei de privacidade de dados. Chamada, por enquanto, de PLC 53/2018 (Projeto de Lei da Câmara), a proposta foi aprovada pelo Senado e, agora, aguarda a sanção presidencial. E o processo vai ser rápido viu? O Presidente tem até 15 dias após o recebimento da Lei para assinar ou vetar o documento.

E do que trata essa lei?

Continuar lendo O que esperar da GDPR Brasileira

Como a GDPR inspirou a nova lei brasileira de privacidade – PLC 53/2018

Você já deu uma lida no nosso primeiro artigo falando sobre a GDPR? A norma de proteção de dados entrou em vigor este ano na União Europeia e está trazendo com ela uma movimentação global sobre o tema.

No Brasil, por exemplo, o Senado acaba de aprovar a PLC 53/2018. A proposta de lei, que aparece para regulamentar o tratamento de dados pessoais no nosso país, segue agora para sanção presidencial. Mas o mais interessante é que o texto brasileiro foi inspirado na regulamentação europeia.

Ou seja, nesse clima de expectativa por algo bem semelhante no Brasil, temos mais do que um motivo para querer entender melhor os princípios da GDPR para quem lida com os dados pessoais. Partiu?

Continuar lendo Como a GDPR inspirou a nova lei brasileira de privacidade – PLC 53/2018

Quem nunca se sentiu “de fora”?

No Dia Internacional do Orgulho LGBT vamos acolher as diferenças. Quem planta diversidade, colhe um futuro melhor – rico de ideias, tolerância, respeito e, sim, muito amor.

Recentemente eu li um livro da Ruth Manus e, entre tantos textos bacanas, teve um que mexeu bastante comigo. A crônica falava sobre homossexualidade e o que ficou pra mim daquelas linhas é que a gente sempre pode escolher a aceitação, mas o que o mundo precisa mesmo é acolher as diferenças.

A diferença básica entre aceitar e acolher é que na primeira existe mais indiferença, enquanto a segunda, o acolhimento, exige participação. Acolher significa ouvir, tentar entender, praticar a empatia, se colocar no lugar do outro. E isso todo mundo não só pode como deve fazer, especialmente quando a gente fala de amor, independente de gênero.

E o que isso tem a ver com trabalho?

Continuar lendo Quem nunca se sentiu “de fora”?