Riachuelo aposta em estratégia cross channel para gerar engajamento

Riachuelo aposta em estratégia cross channel para gerar engajamento

A marca integrou as soluções da Social Miner às suas campanhas nas lives de artistas. O resultado da estratégia cross channel? Mais engajamento, com CTR 3,4x maior que a média de mercado. 

Por conta do covid-19 e do consequente isolamento social, nós vivemos tempos de profundas e constantes transformações. Nasceram e cresceram as demandas de um público que, de um dia para o outro, perdeu o acesso físico ao varejo e aos serviços. 

O caminho? Levamos o consumo para dentro de casa. Plataformas de streaming proporcionam lazer. Professores passaram a dar aulas por vídeo. Os e-commerces entregam tudo na nossa porta — desde itens essenciais, como alimentação e remédios, até artigos para incrementar o home office improvisado em casa. Nem de longe o cenário é o ideal. Mas a gente se adapta. 

E, entre as tantas atividades que ascenderam no período, nós assistimos ao boom das lives. Influenciadores e artistas vem trazendo alegria com aulas de dança, papos sobre política, dicas de cozinha e música. Elas já viraram um compromisso marcado na nossa agenda.

E, antenadas nesse movimento, empresas líderes do mercado se uniram a essas personalidades, apoiando as iniciativas e, ao mesmo tempo, divulgando suas marcas numa excelente ação de branding. Foi esse o caso da Riachuelo.

Transformando visibilidade em engajamento

Ao patrocinar as lives de artistas como Simone e Simaria e Claudia Leitte, a Riachuelo passou a impactar muitos consumidores ao mesmo tempo. 

A live do Gusttavo Lima, por exemplo, não só foi ao ar no Youtube, como também foi transmitida na TV aberta. Ou seja: milhares de espectadores assistiram a modelo e esposa do cantor, Andressa Suita, falar sobre a parceria de longa data com a Riachuelo. 

Excelente ação de branding, certo? Mas a empresa ainda buscava aproveitar esse alcance e o tráfego gerado no site para transformar visitantes curiosos em consumidores engajados. 

A solução foi apostar numa estratégia cross channel, na qual a marca usou as soluções da Social Miner tanto para criar awareness, atrelando seu nome ao evento, quanto para dar continuidade à conversa com os potenciais clientes que chegariam ao site.

E como foi, na prática?

Num primeiro momento, a Riachuelo apostou nas ferramentas da nossa plataforma, como as Notificações Push, para impactar os consumidores que já cadastrados com a marca. 

O objetivo era convidá-los, de forma descontraída, a assistir a live e ver o look dos artistas. Para isso, usaram comunicações humanizadas e até paródias das músicas. 

Imagem mostra exemplo de Push do case Riachuelo

Já durante o evento, o consumidor tinha mais um contato com a marca. Por exemplo: em certa altura da live do Gusttavo Lima, Andressa Suita comenta sobre seu look e agradece a Riachuelo. Isso certamente despertou a curiosidade e levou muitas pessoas a acessarem o site.

Mas a estratégia cross channel continua. Afinal, ao chegar ao site, os usuários receberam novas mensagens através do On-site, oferecendo um cupom para garantir as peças que eles acabaram de ver na live. 

Imagem mostra exemplo de Onsite do case Riachuelo

Assim, todos os pontos de contato foram trabalhados de forma complementar e a narrativa criada para o consumidor se tornou consistente, de modo a incentivar o engajamento e guiar as pessoas na sua jornada de compra

Como destaca Rafaela Lamastra Rocha, do e-commerce Riachuelo, “Um erro muito comum das empresas é não trabalhar o meio de funil com os clientes. Mas cada vez mais vemos que o cliente quer se sentir próximo da marca, criar uma relação de confiança e consequentemente a marca se torna top of mind e a conversão é um resultado disso”.

“Mas esse negócio estratégia cross channel funciona mesmo?”

Se como eu, você já se questionou se de fato as lives de artistas geram retorno para as marcas, a Riachuelo mostra que, trabalhando com estratégia cross channel e investindo no engajamento, os resultados podem ser incríveis. 

As comunicações da marca, lançadas através da plataforma da Social Miner, alcançaram taxas de clique (CTR) 48% maiores que a média de outras campanhas e 3,4x maiores que a média e mercado.

Não à toa, a empresa seguiu com as ações nas lives da Claudia Leitte, Simone e Simaria, Skank, Seu Jorge e Alexandre Pires. 

Para ver o case completo, é só baixar aqui. 

Estratégia cross channel – tendência que veio para ficar

A gente sabe que, até tomar uma decisão de compra, uma pessoa passa por vários pontos de contato com uma marca — tanto online, quanto offline. 

E essa tendência se fortaleceu num cenário pós-pandemia, quando mais consumidores se familiarizaram com canais digitais. 

Por exemplo, uma pesquisa sobre o consumo num cenário pós-covid, feita em parceria com o Opinion Box, revela que enquanto 46% dos que compraram algo durante a quarentena encontraram as lojas através de sites de busca como o Google. 

E, mesmo que, com a reabertura gradual do comércio, o público volte a consumir nas lojas físicas, isso não significa que ele vá abandonar os e-commerces. Afinal, o mesmo estudo revela que 64% do público pretende continuar comprando tanto online, quanto offline.

Nesse contexto, para sair na frente e se destacar da concorrência, é preciso tratar seus canais de comunicação de forma complementar e integrada, assim como fez a Riachuelo. 

Para isso, o primeiro passo é enxergar a jornada do seu consumidor como uma só, independente do ambiente. E isso vai desde trabalhar na integração das suas bases de leads até as ações de marketing nos ambientes online e offline. A gente explica um pouco mais sobre estratégias omnichannel aqui.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *