Indie-commerces e os novos hits do varejo

Se você acha que não consegue mais viver sem comprar quase tudo online, você deve estar na mesma bolha que eu, ou talvez não tenha reparado que ainda vivemos em um mundo predominantemente offline.

Embora o comércio eletrônico não pare de crescer, hoje ele ainda representa menos de 5% de todo o faturamento do varejo brasileiro e destes, os 5 maiores grupos de e-commerce concentram mais de 50% da receita. Ou seja, podemos esperar muitas mudanças pela frente.

Enquanto o consumidor se adapta às novas rotinas e experiências de compra virtual, novos players e setores ganharão espaço e terão muitos desafios tentando sobreviver.

Continuar lendo Indie-commerces e os novos hits do varejo