Banner-1703

5 maneiras fáceis de fazer marketing personalizado

Fazer marketing personalizado significa conseguir tratar cada um dos seus leads e clientes de forma única, sem generalizações. Com isso, a comunicação do negócio se torna muito mais assertiva e as chances da sua marca conseguir ocupar um lugar especial na mente dos consumidores é muito maior.

Mas quando falamos em marketing personalizado, precisamos ir muito além do “chamar pelo nome no e-mail” mas mandar a mesma mensagem para a base inteira. Personalizar é levar em conta os interesses e comportamentos dos usuários sempre que for se comunicar com eles.

Pode até parecer impossível, mas com a ajuda das ferramentas certas para e-commerce e com uma equipe estratégica para tirar o máximo de cada uma delas, essa missão pode se tornar realidade.

Para aguçar a sua criatividade, separamos alguns exemplos que irão mostrar como fazer marketing personalizado pode ser mais simples do que você imaginou:  

#1 Fique atento a oportunidades  

Nubank e o Cartão Comestível

O Nubank é uma dessas marcas que chegou para revolucionar o mercado. Apostando em uma linguagem e um posicionamento de marca jovem, tem atingido números impressionantes de crescimento: em julho de 2016, depois de 3 anos de atuação, 3 milhões e meio de pessoas já tinha feito o pedido do “roxinho” e mais de 400 estavam na fila de espera.

Indo contra a corrente das instituições do segmento, reconhecidas pelo tratamento generalista, ineficiente e nada preocupado com seus clientes, o Nubank tem no marketing personalizado uma das suas maiores armas.

Desde o início, a empresa resolveu apostar em uma comunicação leve e descontraída para impactar o público mais jovem. Estratégia no ar e resultado refletido nos números: 80% dos clientes Nubank têm menos de 36 anos.

Em 2016, a página Catioro Reflexivo estourou. Não tinha uma pessoínea nesse mundo que não achasse tudo fofíneo demais!

O Nubank estava de olho nos memes do momento quando o Walter entrou em contato com a empresa pedindo um novo cartão porque a sua cachorra havia comido o seu.

Era a oportunidade perfeita para tratar o cliente de forma única, totalmente customizada e (com um pouquinho de sorte) ainda pegar carona na onda do momento.

A equipe escreveu uma carta à mão e usou a expressão “catiora” no texto.

nubank

Sabe o que aconteceu? O gesto não passou despercebido e o próprio Walter enviou fotos do mimo e a sua história para a página. Viralizou!

nubank2

Esse exemplo mostra como as marcas podem brincar entre a comunicação online e offline na hora de fazer marketing personalizado.

E você? Está de olho nas tendências? Escuta genuinamente a história dos seus clientes? Cria conexões com conteúdos que podem viralizar?

#2 Mostre que realmente conhece o lead ou cliente

Social Miner e as campanhas de Trending

Sabe as recomendações que quase sempre aparecem quando compramos em grandes e-commerces? Não seria legal se elas ficassem ainda mais personalizadas?

É exatamente isso que tentamos fazer nas campanhas de Trending dos clientes da Social Miner.

Para que as sugestões sejam feitas de forma extremamente segmentada, realmente de acordo com os interesses individuais de cada usuário, tudo fica nas mãos de um algoritmo de inteligência.

É ele que decide qual é a melhor mensagem, momento e canal para falar com quem está do outro lado da tela.

Mesmo assim, a sensibilidade humana na hora de criar os textos falando na mesma linguagem do público de cada marca é parte essencial da estratégia.

É só com a junção dessas duas rodas que a engrenagem vai funcionar com todo o seu potencial, levando as taxas de CTR lá pra cima.

Aqui embaixo, você pode conferir dois exemplos de campanhas desse tipo.

A primeira, feita por meio de push no Chrome e a segunda por notificações no Facebook.  

tendencia

the north

Viu como a linguagem das duas marcas é bem peculiar e como o texto já deixa claro o produto sugerido?

Quer conhecer melhor a plataforma que te permite trabalhar essas possibilidades?

Clique aqui e converse com um especialista!

#3 Surpreenda

As boas-vindas da Oi Warren

A fintech gaúcha Oi Warren quer transformar o mundo dos investimentos financeiros por meio da automatização da negociação de ativos.

Antes restrita a grandes investidores e instituições financeiras, elas chegaram à pessoa física em moldes simplificados.

Basicamente, a ideia é deixar que robôs escolham qual é o melhor tipo de investimento para cada perfil.

Para verificar o quão conservador ou arrojado um cliente é, a marca adotou um descontraído chat, que alinhado com o cruzamento do seu objetivo e do prazo para atingi-lo determina qual é a melhor escolha.

As operações começaram em Janeiro de 2017 e as liberações de acesso estão acontecendo aos poucos para quem está na fila de espera. .

Antes de começar, a Oi Warren enviou um presente de final de ano para os early-adopters e beta testers da plataforma.

Mas não foi qualquer presente: foi um presente ultra personalizado. Além de uma camiseta com uma mensagem que combinava com o objetivo financeiro pessoal de cada pessoa, ainda enviaram um cartão personalizado e escrito a mão para todo mundo.

oi warren

#4 Seja lembrado

Social Miner e o não-esquecimento da sua marca

Sabe aqueles quase-clientes que olham a mesma página de um produto 3234 vezes mas não compram? Ou aqueles que chegam a colocar o que querem no carrinho mas abandonam no check-out?

Essas pessoas são um público super qualificado, que precisa ser aproveitado. Investir em marketing personalizado para otimizar as conversões de vendas de pessoas que já têm um bom nível de relacionamento com a marca significa aumentar o ROI na certa.

Se mostre presente e deixe claro que você realmente sabe quais são os interesses desses leads.

Nesse push do Chrome da Época Cosméticos, por exemplo, a mensagem tem uma pegada de “melhor amiga”, como se estivesse aconselhando e aprovando a compra do produto visualizado.   

frenquencia2

Já a Sephora apostou na curiosidade para levar a Mariana de volta para o seu e-commerce.

frenquencia

Misturando linguagem pessoal e alinhada com o público-alvo, com o melhor canal para a comunicação e com uma chamada do usuário para uma ação, as campanhas de marketing personalizado podem fazer o seu e-commerce faturar muito mais. Quer comprovar? Só testando!

#5 Faça cada cliente se sentir extraordinário

Spotify e suas músicas mais ouvidas

O Spotify tem em mãos informações excelentes para bater fundo no coração dos seus usuários. Afinal, muita gente considera a música um alimento para a alma, capaz de despertar muitas memórias afetivas.  

Aproveitando estrategicamente todos os dados disponibilizados pela plataforma e humanizando o marketing, no final de 2016, a equipe da marca criou uma playlist para todos os seus clientes, com as músicas que cada um mais ouviu durante o ano.

spot 1

Esse mimo em forma da lista “Your Top Songs 2016″ foi enviado para o e-mail registrado no serviço e também tinha um resumo das atividades na plataforma, detalhando quantos minutos de música foram ouvidos, quantos artistas, número de faixas únicas e as bandas favoritas.

spot 2

Com ações como essa, tratando cada usuário como uma pessoa que tem preferências e gostos únicos,  o Spotify vai ganhando um lugar cada vez mais cativo na mente do público.

Já pensou se a mesma lista fosse enviada pra todo mundo que assina o software? Não faria o menor sentido, né?

Um salve ao marketing personalizado!

Quer começar a fazer mas não sabe como? Clica aqui que a gente te ajuda 😉

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *