carrinho-blog

5 fatos sobre a taxa de recompra que todo profissional de marketing deve saber

Nem só de conquistar novos clientes vive um profissional de marketing. Claro que isso é parte da job, mas trabalhar para fidelizar quem já conhece e experimentou a marca é tão importante quanto atrair novas pessoas.

É só assim que o negócio irá se tornar sustentável e ganhará escala ao longo do tempo.

Se você ainda executa todas as suas ações e planejamento com foco na atração, saiba que existe um grande universo de clientes para ser explorado estrategicamente.

E preciso te dizer: não existe ninguém melhor do que quem trabalha diretamente com o Marketing para entender como aproveitar essa oportunidade.

Quer saber mais sobre a taxa de recompra? Então, confira nossa lista!

#1 Ter uma alta taxa de recompra é o caminho mais rápido para escalar o faturamento

Na hora de montar o planejamento de Marketing, é muito provável que grande parte da discussão gire em torno da atração de novos clientes. Afinal, para vender, é preciso ter gente comprando.

Mas e se parte grande parte das vendas fosse feita para quem já comprou antes?

Dependendo do tempo em que o seu e-commerce está no mercado e da quantidade de clientes que têm, esse público pode trazer muitos resultados.

Conseguir manter a taxa de novos clientes crescendo e paralelamente, fazer com que os antigos continuem comprando é a receita para conseguir ir aumentando a rentabilidade de forma exponencial. Ou seja, uma alta taxa de recompra já é meio caminho andado rumo ao sucesso.

#2 Você vai precisar investir menos para fazer um cliente comprar de novo do que para adquirir um novo

Nunca conheci ninguém que trabalhasse com Marketing e estivesse totalmente satisfeito com o orçamento da área.

Lançou um novo produto e precisa vender?  “O Marketing dá um jeito!”

Ou quem nunca ouviu a clássica: “Não posso investir em Marketing, mas preciso de resultados…”

Pois é. Muitos profissionais de Marketing ainda fazem milagres, trabalham com recursos limitados e abusam da criatividade para conseguir bons resultados.

E é justamente a baixa possibilidade de investimento que torna tão estratégico o trabalho para aumentar a taxa de recompra: para conquistar um novo cliente é preciso investir de 5 a 12 vezes mais do que para manter um atual.⁠⁠⁠⁠

Ou seja. você vai gastar menos dinheiro com campanhas e divulgação e ainda assim vai conseguir manter os bons resultados em vendas.

O sonho de qualquer um, né?

#3 Sem segmentação, sem recompra

Conhecer o cliente em profundidade é um fator crítico de sucesso na hora de aumentar a taxa de recompra.

Crie um relacionamento, envie conteúdo relevante e personalizado, esteja disposto a solucionar problemas e a responder dúvidas com agilidade. Use as suas ferramentas de gestão para identificar interesses e perfis.

Se você não conhece os seus clientes, não sabe qual é o caminho que eles percorrem dentro da loja, por exemplo, dificilmente vai conseguir direcioná-los para próximas compras, fornecendo informações que ajudem nas novas decisões e buscas.

#4 As métricas são as melhores parceiras

Você vai precisar de números para guiar o que deve ser feito para aumentar a taxa de recompra. Para começar, tenha claro:

  • Qual é a porcentagem atual de recompra?
  • E o estado ideal?
  • Quantas vezes a pessoa visita o site até comprar novamente?
  • O ticket médio das recompras é maior ou menor do que o das compras anteriores?
  • Qual a quantidade média de vezes que uma pessoa compra em determinado período?

Ter uma meta para cada um desses tópicos vai fazer com que o Marketing trace um plano focado em resultado e no objetivo final.

Cheque as métricas que escolher diariamente e faça os ajustes necessários para potencializar o que está dando certo e para corrigir eventuais falhas.

#5 Coloque o esforço no lugar certo. Foco é tudo.

“Ah, mas minha taxa de recompra é muito ruim!”, “Cliente só compra aqui uma vez, não volta  nunca mais…”

Você já parou para pensar por quê isso acontece? Quais são as ações que você está fazendo para incentivar que as pessoas comprem de novo? Como está engajando cada uma delas no pós-venda?

Se nada é feito, é natural que a taxa de recompra não seja excelente.

A medida que começar a direcionar as ações para ter maiores resultados de recompra, as taxas vão começar a subir.

Faça muitos testes para ver o que funciona melhor e tenha sempre em mente o seu objetivo final: fidelizar clientes, transformando-os em verdadeiros adoradores da sua marca.

Quais ações estão planejadas para aumentar a taxa de recompra do seu e-commerce? Compartilhe as suas ideias com a gente nos comentários 😉

Ah, e quando te perguntarem quantos clientes voltam para comprar de novo, esteja com a resposta na ponta da língua!

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *